Como acabar coma coceira Vaginal

É comum a todas as mulheres terem por algumas vezes durante a vida coceira vaginal. Isso é algo irritante e desagradável, além de preocupante. Mas também não é o fim do mundo pode ter causas e tratamentos mais longos ou pode ser algo simples que tomando as medidas corretas logo desaparecerá.

Essa coceira pode ser interna ou externa. Ai surge àquela perguntinha: posso ter adquirido durante relações sexuais? Algumas coceiras vaginais principalmente a interna podem sim ser adquiridas através do contato sexual, essa coceira com corrimento vaginal esverdeado em grande quantidade e com mau cheiro associado a dores durante o ato sexual.

Tipos de coceira vaginal.

Indica a necessidade de um tratamento com o seu médico de confiança e seu parceirococeira vaginal 300x199 também deve ser tratado com medicamentos próprios. Se apenas a mulher seja tratada os sintomas voltarão porque acaba passando de um para outro. Existem muitos fatores que podem levar a essa coceira irritante, na parte externa pode ser uma alergia ao sabonete ou a calcinha que é usada. Prefira sempre calcinhas em algodão.

As de lycra ou com rendas podem desencadear processos alérgicos. Nesse caso use sabonetes neutros mude os tipos de calcinhas que se são usadas habitualmente. O uso de calças jeans apertadas o dia todo podem causar irritação também. Coceiras internas são quase sempre associadas à candidíase, mas também pode haver coceiras externas. E ainda pode causar dor ao urinar, inchaços, vermelhidões, corrimentos e dor durante a relação. Essa doença é causada por um fungo, que pode aparecer pela falta de higiene na calcinha ou na limpeza da vagina. Então no caso de coceira vaginal, cuide-se bem!

Esta entrada foi publicada em Cuide de sua Saúde. Adicione o link permanente aos seus favoritos.